Atletismo Paulista dá show na Espanha e fecha o Íbero-Americano com 15 medalhas

Atletismo Paulista dá show na Espanha e fecha o Íbero-Americano com 15 medalhas

Das 22 medalhas conquistadas pelo Brasil em La Nucia, província de Alicante, no Sudeste da Espanha, 15 foram alcançadas por atletas de clubes paulistas

Fonte Federação Paulista de Atletismo
23 de maio de 2022 / São Paulo (SP)

O Atletismo Paulista deu um verdadeiro show no Campeonato Ibero-Americano de Atletismo, disputado desde a última sexta-feira (20) até este domingo (22), no Estádio Olímpico Camilo Cano, em La Nucia, província de Alicante, no Sudeste da Espanha. Das 22 medalhas conquistadas pelo Brasil, 15 vieram por meio de atletas de clubes paulistas.

Vitória Rosa, do Esporte Clube Pinheiros, subiu no lugar mais alto do pódio duas vezes! No 100m a atleta carimbou o tempo de 11.57 e na prova de 200m marcou 23.53, finalizando sua participação com chave de ouro – literalmente.

Dobradinha brasileira feminina no pódio de Alicante © Real Federación Española de Atletismo

“Estou muito feliz pelas medalhas. Eu esperava melhorar o resultado que acabei de conseguir no GP, que foi muito expressivo. Eu estava traçando novos objetivos com esse resultado, mas em algum momento o resultado não vem e a gente tem que pensar na medalha… Então foi isso que aconteceu”, pontua Vitória, que no último Grande Prêmio Internacional Brasil venceu os 100m (11.05) e os 200m (22.68), com índices para o Mundial de Atletismo do Oregon, agendado para julho.

Treinada por Katsuhico Nakaya, Vitória Rosa citou os obstáculos encontrados no trajeto Brasil-Europa. “É uma pena a gente ter chegado muito em cima da competição, porque atrapalha nosso rendimento. Muitos atletas estão se sentindo bastante cansados por termos chegado em cima da hora, a gente enfrentou bastante horas de viagem, muito desgastante e tenho consciência disso”, afirma a velocista.

Arremesso de peso com dois grandes nomes de São Paulo

No Arremesso do Peso, o Estado de São Paulo teve dobradinha no pódio. Com recorde da prova na competição, Darlan Romani (ABrA – Bragança Paulista) conquistou a medalha de ouro, com 21,70m.

Já na segunda colocação, Welington Morais, mais conhecido como Maranhão (Esporte Clube Pinheiros),  garantiu a prata com 20,78m (PB). Morais, que começou a carreira no lançamento do dardo, vem fazendo história no peso, alcançando seu PB no Íbero.

Mais medalhas de prata para o Atletismo Paulista

No salto em altura masculino, Thiago Alfano Moura (ASUFAM) levou a medalha de prata com 2,26m. Já no feminino Valdileia Martins (Orcampi) arrasou atingindo 1,84m (SB) em uma prova pra lá de emocionante.

Mariana Marcelino (IEMA) também fechou o Íbero-Americano na segunda colocação na prova do Lançamento do Martelo, com 64,51m. O mesmo aconteceu com Wellinton Fernandes (IEMA), que fez bonito no Lançamento do Disco, com 57,09m.

Darlan Romani e Wellinton Fernandes no pódio do arremesso do peso em Alicante © Real Federación Española
de Atletismo

Nos 100m, Felipe Bardi (SESI) foi o atleta filiado à FPA que conquistou a medalha de prata, com o tempo de 10.26.

Quase no finalzinho da competição o Brasil e o Atletismo Paulista se consagraram com mais uma prata. Tiffani Marinho (Orcampi), Tábata Vitorino, Liliane Cristina e Chayenne Pereira (Esporte Clube Pinheiros) concluíram o revezamento 4×400 m com o segundo melhor tempo: 3.32.50.

Também vieram muitos bronzes

E o Atletismo Paulista também marcou grande presença na terceira colocação de diversas provas do Íbero-Americano!

Jucilene Lima (IEMA-SP), fechou com 57,86 m, fazendo o terceiro melhor resultado no Lançamento do Dardo feminino. O bronze também veio para Andresa de Morais (Esporte Clube Pinheiros) no Lançamento do Disco, com 58,33 m.

Dobradinha brasileira masculina no pódio de Alicante © Real Federación Española de Atletismo

No Salto em Altura, Fernando Carvalho (IEMA-SP) fez 2,21 m e colocou a medalha no peito. A mesma posição foi alcançada por Lorraine Martins (Esporte Clube Pinheiros) na prova dos 200m, com o tempo de 23.80.

Já no revezamento 4×100 m, os atletas Gabriel Boza (APA-SP), Felipe Bardi (SESI), Erik Barbosa (SESI) e Lucas Rodrigues finalizaram a prova com 39.32 e também subiram no terceiro lugar do pódio.

Medalhas do Atletismo Paulista no Íbero-Americano 2022

Ouro
Vitória Rosa (EC Pinheiros) 100 m – 11.57
Vitória Rosa (EC Pinheiros) – 200 m 23.53
Darlan Romani (ABrA – Bragança Paulista) – 21,70 m

Prata
Felipe Bardi (SESI) – 100 m 10.26
Thiago Alfano Moura (ASUFAM) Salto em Altura – 2,26 m
Mariana Marcelino (IEMA) – Lançamento do Martelo – 64,51 m
Wellinton Fernandes (IEMA) – Lançamento do Disco – 57,09 m
Welington Morais (Esporte Clube Pinheiros) –  20,78 m (PB)
Valdileia Martins (Orcampi) – Salto em altura – 1,84 m (SB)
Tiffani Marinho (Orcampi), Tábata Vitorino, Liliane Cristina, Chayenne Pereira (Esporte Clube Pinheiros) – 4×400 m – 3.32.50

Bronze
Jucilene Lima (IEMA-SP) – Lançamento do Dardo – 57,86
Fernando Carvalho (IEMA-SP) – Salto em Altura – 2,21 m
Andresa de Morais (Esporte Clube Pinheiros) – Lançamento do Disco – 58,33 m
Lorraine Martins (Esporte Clube Pinheiros) – 200 m – 23.80
Gabriel Boza (APA-SP), Felipe Bardi (SESI), Erik Barbosa (SESI) e Lucas Rodrigues – 4×100 m – 39.32

https://www.aminovital.com.br/aminovital-r-gold-drink-mix-ajinomoto-15-saches/p

Outras Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *