Líder da Universidade do Tênis de Mesa, Taisa Belli, enaltece participação de profissionais nos programas educativos da ITTF

Líder da Universidade do Tênis de Mesa, Taisa Belli, enaltece participação de profissionais nos programas educativos da ITTF

Treinadores, coordenador de arbitragem e coordenador de seleções olímpicas participaram de dois programas da Federação Internacional de Tênis de Mesa em 2021

Por José Augusto Assis (Fato&Ação) / CBTM
13 de janeiro de 2022 / Curitiba (PR)

Ao longo do segundo semestre da última temporada, profissionais envolvidos com o tênis de mesa nacional tiveram a oportunidade de se aperfeiçoarem ainda mais ao participarem de dois programas da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF): o ITTF Participation Program e o ITTF Virtual Mentorship Program. O fato foi enaltecido pela líder da Universidade do Tênis de Mesa (UniTM), Taisa Belli, que acredita que as ações têm um caráter valioso para os profissionais.

A UniTM, braço educacional da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM), teve um papel de mediação nas ações da entidade-mor da modalidade. Para Taisa, a presença dos brasileiros nas ações vai ser muito positivo, pois poderá implementar nacionalmente os ensinamentos expostos nas atividades.

“A troca de experiências e conhecimentos proporcionada por essas ações na ITTF tem um papel formativo bastante valioso para nossos profissionais. A Universidade do Tênis de Mesa, que teve um papel de mediação e interlocução nessas ações, pode agregar as boas práticas ali vivenciadas em seu processo formativo junto a nossa comunidade”, disse a líder do UniTM.

O primeiro programa foi o ITTF Participation Program, que teve o objetivo de promover uma tutoria aos técnicos participantes. A intenção era a de buscar a melhoria dos níveis profissionais dos presentes por meio de sessões interativas online com dois experts da Federação Internacional: Carlos Esnard, de El Salvador, e Eva Jeler, da Alemanha.

Treinadores Jorge Fanck, Eric Mancini, Hideo Yamamoto, Narita Goulart, Lígia Silva e Elton Shiraishi com a Expert ITTF Eva Jeler © Divulgação

Os brasileiros integrantes da atividade foram os dois treinadores da Seleção Olímpica de Base, Jorge Fanck e Lígia Silva, e mais duas, destaques da UniTM, Karina Dopper e Narita Goulart. Além deles, também fizeram parte do evento, os profissionais das equipes que ganharam o Troféu Eficiência Olímpico e Paralímpico dos dois primeiros TMB Platinum ocorridos em 2021 (a edição do Rio de Janeiro-RJ e a de Uberlândia-MG).

Os técnicos contemplados foram: Eric Mancini (Itaim Keiko/JJYamada/SP), Thaís Regina Figueiredo (SERC Santa Maria/São Caetano/SP), Hideo Yamamoto (APMDFESP/SP e atual treinador da Seleção Brasileira Feminina) e Elton Shiraishi (ADFEGO/GO).

O outro programa com participação brasileira foi o ITTF Virtual Mentorship Program, que tinha o intuito de aumentar conhecimentos, habilidades e contribuir no crescimento de técnicos e árbitros promissores. Nele, o treinador Ricardo Mairin Filho e o coordenador de arbitragem Marcos Paulo Tavares foram os escolhidos pela Federação Internacional para passarem por um processo de mentoria com a argentina Alejandra Gabaglio e a costa-ricense Silvia Garro, ambas experts da ITTF.

Ainda no programa, o coordenador técnico de Seleções Olímpicas, Lincon Yasuda, foi convidado para ser o mentor de dois treinadores, que estão atuando nas Seleções de Base de seus respectivos países: Franco Piruzzi, da Argentina, e Carlos Gracia, do Porto Rico.

https://cbclubes.org.br

Outras Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *