Doze vitórias brasileiras no primeiro dia de disputas individuais do Campeonato Sul-Americano

Doze vitórias brasileiras no primeiro dia de disputas individuais do Campeonato Sul-Americano

Dos oito atletas do país no evento, seis avançaram e seguem na briga pelo título continental; quinto dia de competição vai definir os semifinalistas de duplas

Por Nelson Ayres Fato & Ação / CBTM
25 de julho de 2022 / Curitiba (PR)

No quarto dia de disputa do Campeonato Sul-Americano de Tênis de Mesa, o Brasil continuou dominante nas mesas. Neste domingo (24), em Pereira, na Colômbia, foram 12 vitórias brasileiras nos primeiros jogos dos torneios individuais. Dos oito atletas do país, seis seguem na briga por medalhas.

Carol Kumahara foi um dos destaques. Ela venceu suas duas adversárias sem perder sets: a venezuelana Camila Obando (11/9, 11/6 e 11/5) e a paraguaia Leyla Gomez (11/5, 11/4 e 11/4). Desempenho semelhante ao apresentado por Giulia Takahashi, que bateu a equatoriana Nathaly Paredes em sets diretos (11/5, 11/6 e 11/5) e a colombiana Marta Casas por 3 a 1 (9/11, 11/3, 11/5 e 11/6).

banner

Ainda no feminino, Laura Watanabe teve mais trabalho para obter a vaga. Ela caiu para a chilena Judith Morales por 3 a 2 (7/11, 12/10, 10/12, 11/5 e 7/11), mas se recuperou e bateu a colombiana Cory Tellez, de virada, também por 3 a 2 (9/11, 9/11, 11/3, 11/3 e 11/5). Beatriz Kanashiro, por sua vez, acabou eliminada na fase de grupos, com derrotas para a chilena Paulina Vega por 3 a 0 (5/11, 5/11 e 6/11), e para a venezuelana Isaleym Malliotakis por 3 a 1 (11/13, 9/11, 14/12 e 8/11).

No masculino, Eric Jouti foi quem mais se sobressaiu. Ele iniciou vencendo o colombiano Camilo Gonzalez por 3 a 1 (9/11, 11/4, 11/8 e 11/4) e depois bateu o chileno Alfonso Olave em sets diretos (11/8, 11/8 e 11/7). Guilherme Teodoro foi outro que passou bem pela fase de grupos, batendo o venezuelano Cesar Augusto Arocha por 3 a 0 (11/5, 11/3 e 11/6), o colombiano Julian Ramos por 3 a 2 (11/7, 11/8, 9/11, 2/11 e 11/5) e o equatoriano Diego Piguave por 3 a 0 (11/8, 11/5 e 11/8).

banner

Rafael Turrini também ultrapassou a primeira fase com boa campanha. Derrotou o chileno Gustavo Gomez por 3 a 1 (14/12, 8/11, 11/9 e 11/9) e depois repetiu o placar diante do colombiano Santiago Montes (11/6, 8/11, 11/3 e 11/6). Carlos Ishida não teve a mesma sorte, caindo na primeira fase após insucessos contra o argentino Gastón Alto, por 3 a 2 (5/11, 6/11, 11/8, 14/12 e 18/20), e o chileno Andres Martinez, num equilibradíssimo duelo, por 3 a 1 (12/10, 20/22, 11/13 e 13/15).

Outras Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *